World Library  
  


  
Add to Book Shelf
Flag as Inappropriate
Email this Book

Trabalho Imaterial: libertação do trabalhador ou degradação do trabalho?

By Moita, Dímitre, Sampaio

Click here to view

Book Id: WPLBN0003437283
Format Type: PDF (eBook)
File Size: 339.76 KB.
Reproduction Date: 6/21/2012

Title: Trabalho Imaterial: libertação do trabalhador ou degradação do trabalho?  
Author: Moita, Dímitre, Sampaio
Volume:
Language: Portuguese
Subject: Non Fiction, Social Sciences, Psychology of labour
Collections: Psychology, Brazilian Literature Collection, Authors Community, Social Sciences, Sociology, Literature, Most Popular Books in China, Romance Language Literature Collection
Historic
Publication Date:
2012
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Member Page: Dimitre Moita

Citation

APA MLA Chicago

Moita, D. S. (2012). Trabalho Imaterial: libertação do trabalhador ou degradação do trabalho?. Retrieved from http://gutenberg.us/


Description
O trabalho explora os significados do trabalho informacional. Partindo do estatuto conquistado pelo trabalho na sociedade salarial, como fator de identificação pessoal e de coesão social, são analisadas as transformações observadas no mercado laboral e na economia mundial. As metamorfoses são percebidas a partir do prisma da reestruturação produtiva e da consequente precarização laboral. A revolução das tecnologias da informação e comunicação é tratada a partir da convergência entre os campos da microeletrônica, da computação e das telecomunicações. A grande produtividade da indústria da informação e comunicação divide os analistas entre a tese do informacionalismo ou capitalismo cognitivo e a tese da degradação do trabalho informacional. O conceito de trabalho imaterial é analisado sob a perspectiva de ameaça à validade dos conceitos da economia política tradicional, uma vez que nesse contexto não é mais possível valorar unidades de produto a partir de unidades de tempo. O trabalho imaterial, vivo e colaborativo em sua definição, apontaria para a superação da degradação do trabalho e para o surgimento de uma economia da abundância ou um comunismo de interstícios. Em oposição a esta interpretação estão os que compõem a crítica do trabalho imaterial e sinalizam sua degradação a partir de pesquisas com os trabalhadores que estão na periferia do processo produtivo informacional, tais como teleoperadores e programadores das fábricas de softwares. Esse proletariado informacional, denominado por infoproletário ou cibertariado, é o trabalhador base de contextos em que é observada a taylorização da produção informacional.

 
 



Copyright © World Library Foundation. All rights reserved. eBooks from Project Gutenberg are sponsored by the World Library Foundation,
a 501c(4) Member's Support Non-Profit Organization, and is NOT affiliated with any governmental agency or department.